11:30hs
Terça Feira, 23 de Abril de 2024
Andrelândia - Eventos
03/01/2013 10h35

PROERD forma 200 alunos em Andrelândia

No começo do mês de dezembro o Comandante do trigésimo oitavo batalhão da Policia Militar, Coronel PM Alan Elias da Silva e as diretorias das escolas Estaduais Alfredo Catão e Gustavo Ernesto Alves, da Escola Municipal José Bernardino Alves e Colégio Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento/ Fundação Guairá realizaram a solenidade de Formatura dos alunos do Programa Educacional de Resistencia às Drogas – PROERD, no Campestre  Clube de Andrelândia, onde participaram  em torno de 200  crianças.


 

O PROERD é desenvolvido nas Escolas no 5º ano e 7º ano do Ensino Fundamental, na educação infantil e para adultos com o Proerd para Pais, realizado por policiais militares treinados e preparados para desenvolver o lúdico, através de metodologia especialmente voltada para as crianças, adolescentes e adultos.

 

O objetivo do projeto é transmitir uma mensagem de valorização à vida, e da importância de manter-se longe das drogas e da violência, reforçando a importância da amizade e supervisão dos pais com os filhos.

 


Após quatro meses de curso as crianças recebem o certificado PROERD, ocasião que prestam o compromisso de manterem-se afastados e longe das drogas e da violência.

 

O PROERD quer reduzir a violência e prevenir o uso de drogas por crianças e adolescentes, que concluem o curso em 10 lições, ministradas por instrutores militares.

 

O projeto auxilia também pais, que são informados sobre os malefícios causados pelo uso de drogas e a importância do fortalecimento da estrutura familiar.

 


“É fundamental envolver a família no processo. Não adianta apenas o contato com a criança, que é um braço da família. O papel dos pais é muito importante no resgate e na forma de orientar seus filhos”, explica o Coordenador Operacional e Metodológico do Proerd da PM, e contribui para o resgate de valores na família.

 

A Coordenadora do Proerd em Belo Horizonte, Tenente Ana Paula, do Comando de Policiamento da Capital – CPC, afirma que os resultados do Proerd com os jovens é visto de perto.

 

“O Programa é muito importante porque os policiais militares envolvidos trabalham com o coração e sentem-se realizados quando percebem a transformação nas crianças e em seus pais. Temos certeza que estamos contribuindo para melhorar a nossa juventude e para integrar cada vez mais a PM com a comunidade”, enfatiza.

De acordo com a Oficial, que está no Programa desde 2002, o CPC mantém um banco de dados dos alunos Proerd, com a finalidade de acompanhar o seu desenvolvimento e para saber como ele foi influenciado.

 

Fonte Edição 762 JCP

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone: (35) 99965-4038
E-mail: comercial@correiodopapagaio.com.br