18:23hs
Domigo, 21 de Abril de 2024
Andrelândia - Notícias
08/07/2022 10h56

Inauguração da revitalização do centenário Cine-Theatro Glória em Andrelândia

Evento contou com participação de autoridades Civis e grande público que prestigiaram a apresentação do Grupo Teatral Ponto de Partida


Andrelândia acaba de receber um marco para a cultura do município, foi inaugurado oficialmente no dia 11 de junho o Cine-Theatro Glória, com entrada franca e com capacidade para receber diversos tipos de espetáculos teatrais e de cinema.

A estreia contou com presença de diversas autoridades locais e regionais, além do deputado estadual Duarte Bechir e o ex-deputado federal Luiz Fernando Faria.

 O prédio possui sistemas modernos de infraestrutura, acústica e totalmente inclusivo, com capacidade para 317 pessoas, sendo 06 reservados a deficientes físicos, 01 camarim, 01 depósito, 03 banheiros, sendo um para portadores de deficiências, 03 entradas, uma com acessibilidade, 02 saídas de emergências e uma charmosa área gourmet.

A Prefeitura de Andrelândia agradece imensamente a diretora do grupo teatral Ponto de Partida, Regina Bertola, a qual ofereceu consultoria no projeto, de forma totalmente gratuita, durante a fase final.


Apresentação teatral

Mineiramente 

A peça Mineiramente é do grupo teatral Ponto de Partida de Barbacena-MG, e sua apresentação inaugurou oficialmente o Cine-Theatro Glória de Andrelândia-MG.

Ponto de Partida é um grupo de teatro fundado em 1980 por artistas que decidiram que não deixariam a cidade, mas também não aceitariam os limites da província. Assim, tornou-se uma companhia de repertório itinerante e independente com vinte profissionais em exercício permanente. Com o tempo o grupo criou e sistematizou métodos e processos de produção e criação e desenvolveu uma linguagem própria e uma dramaturgia brasileira que sustenta seus 34 espetáculos.


Ninguém sabe Minas. Só mineiros sabem e não dizem nem a si mesmos o irrevelável segredo chamado Minas. Carlos Drumond de Andrade Mineiramente foi concebido para ocupar espaços alternativos. Com uma estrutura cênica simples, sua plasticidade e exuberância são construídas pelo trabalho dos atores e pela música. Também quer desafiar o público a descobrir possibilidade de encantamento e beleza em sua cidade, estimulando que tenha um novo olhar sobre o seu cotidiano.

 Em seus tons minerais deixa aflorar o sentimento de pertencimento, de identidade, de construção do onírico e do novo. Abraçados pela poesia de Drummond, a fala de Guimarães Rosa, a música de Milton  Nascimento, Fernando Brant, Tavinho Moura e a emoção única de ocuparmos o nosso lugar, com certeza elenco e plateia cantaram juntos, mineiramente: sou do mundo, sou de Minas Gerais. A música se fez ao vivo numa formação com clarineta, piano, bateria e vozes.

História do

Cine-Theatro

 Cine-Theatro Glória, mais de um século de história.

O prédio do Cine-Theatro Glória foi construído no ano de 1886. Inicialmente utilizado como estabelecimento comercial do Barão de Visconde de Arantes. Quarenta anos depois, em 1926, tornou-se um dos principais pontos de encontro de entretenimento e cultura, quando Pascoal Alexandre decidiu transformar o espaço em um cinema.

Na época, o cinema era mudo. Os rolos dos filmes eram trazidos do Rio de Janeiro e vinham serpenteando a Serra da Mantiqueira através da linha férrea. Alguns dos filmes exibidos foram: Justiça Divina, Samba da Vida e A Lei da Bala. Oito anos após sua inauguração, o cinema deixou de ser mudo e na manchete do jornal se lia “Cinema Falado”.

Ele funcionou até o ano de 1960, encerrando suas atividades no mesmo período em que a televisão começou a chegar na cidade. Este prédio foi um verdadeiro espaço cultural. Foi utilizado também para apresentações musicais e teatrais, festas de formaturas, reuniões, dentre outros.

O prédio esteve fechado durante muitos anos, até o dia 10 de junho de 2022, quando foi oficialmente reinaugurado após a aquisição e a reforma completa realizada pela Prefeitura Municipal de Andrelândia.


O Cine-Theatro Glória é um dos bens tombados do município de Andrelândia. Sendo que a fachada é a junção de um armazém do século XIX, com outro imóvel.

Localizado na Praça Visconde de Arantes, 60, no Centro, o imóvel funcionou  a partir da primeira metade da década de 1930 até o ano de 1961 como cinema, quando recebeu o nome de Cine Glória.

A fachada conta com um arco de pedra, datado de 1886, que de acordo com relatos dos documentos de tombamento do imóvel, ficava na entrada da garagem da casa de Visconde de Arantes.

Após o fechamento do Cine Glória, o imóvel funcionou, em diferentes épocas, como bar, loja de laticínios, farmácia e até uma danceteria.

No ano de 2007, a Prefeitura de Andrelândia iniciou as negociações para a compra do imóvel e para o posterior tombamento, uma vez que este imóvel é um marco da história de nossa cidade.

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone: (35) 99965-4038
E-mail: comercial@correiodopapagaio.com.br