17:59hs
Quarta Feira, 29 de Maio de 2024
Andrelândia - Notícias
30/01/2014 11h07

Moradores se unem para evitar desabamento de capela dedicada a Santo Antônio

Capela está abandonada há mais de dez anos e ameaça ruir.

O objetivo é também resgatar a tradição das celebrações religiosas e festivas que eram realizadas no templo.

Uma força-tarefa para evitar o desabamento de uma das mais tradicionais capelas da cidade de Andrelândia (Sul de Minas, a 300 km de Belo Horizonte) começou a funcionar neste último final de semana.

Munidos de serrotes, martelos, cavadeiras, pregos, tábuas e estacas de eucalipto, cerca de vinte pessoas promoveram, na manhã do último dia 04, o escoramento das paredes externas da Capela de Santo Antônio, localizada no sopé da serra de mesmo nome, a cerca de cinco  km da cidade.  A missão foi cumprida com sucesso após três horas de trabalho de membros do Núcleo de Pesquisas Arqueológicas do Alto Rio Grande, associação dedicada à preservação do patrimônio cultural da cidade; de moradores da região e de voluntários que aderiram à causa.

A Capela, inaugurada em 1942, e que foi durante décadas ponto de encontro, festas e celebrações dos moradores das redondezas, está abandonada há mais de dez anos e ameaça ruir.

Segundo diagnosticado pelo arquiteto e urbanista  José Marcos Alves Salgado (membro do NPA), todo o engradamento do templo encontra-se destruído em razão de infiltrações e da ação de cupins, o que provocou o seu abatimento, empurrando as paredes laterais e a frontal para fora, desestabilizando a edificação, que por pouco não foi ao chão.

O escoramento realizado dará sobrevida ao templo, até que o engradamento danificado seja retirado e as paredes reforçadas, ações que precisam ser realizadas com urgência.

Deacordo com os representantes do NPA, o objetivo é buscar apoio da comunidade para que o templo seja integralmente restaurado e que possa ser novamente utilizado para celebrações religiosas e realização das tradicionais e saudosas festas de Santo Antônio. “Pretendemos resgatar não somente a estrutura da edificação, mas também as práticas tradicionais ali realizadas por décadas e que ainda estão presentes na memória dos antigos moradores, que enxergam a Capela como elemento representativo  de sua identidade”, complementam.

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone: (35) 99965-4038
E-mail: comercial@correiodopapagaio.com.br