12:36hs
Domigo, 26 de Maio de 2024
Bom Jardim de Minas - Notícias
05/06/2012 16h29

Bom Jardim de Minas Personagens que fazem parte da Nossa História

Personagens que fazem parte da Nossa História


Fábio Eugênio Pires de Carvalho

Fábio nasceu em 11/02/59 e foi o quinto filho do casal Orlando Altomare de Carvalho (ex prefeito de Bom Jardim de Minas) e de Geralda Pires de Carvalho (professora Dona Didinha). Seus irmãos são José René Pires de Carvalho, Sílvia Maria Pires de Carvalho Leite, Sérgio Orlando Pires de Carvalho e Vânia Lúcia de Carvalho Nascimento.

Estudou no Grupo Escolar Monsenhor Nardy em Bom Jardim de Minas e no Ginásio Estadual concluiu a 8a série. Continuou seus estudos em Valença, RJ, no Colégio Estadual Theodorico Fonseca, onde em 1977 concluiu o 3o científico. O Curso Superior escolhido foi o de Comunicação Social, o qual concluiu na Faculdade de Comunicação Social de Barra Mansa - RJ, no ano de 1984, habilitando-se em Publicidade e Propaganda. Nas horas livres, Fábio gostava de pintar, e em Barra Mansa, no Conservatório Brasileiro de Música, ele fez sua Mostra de Pinturas - óleo sobre tela/ Aquarelas.

Foi para o Rio de Janeiro e estudou na CAL - Casa de Artes de Laranjeiras - Oficina de Formação Teatral. Curso Profissional sob a orientação de Yan Michalsky, de 1985 a 1987. Dentre outros cursos de aperfeiçoamento, Fábio fez Ïnterpretação para TV, com o diretor Wolf Maia, de 1985 a 1986; na TV Globo “Oficina Permanente de Atores”, e na Escola Superior de Propaganda e Marketing fez o curso de Modelo Publicitário. Sempre, em seus dias livres, Fábio ia até Bom Jardim matar as saudades da família e dos amigos.

Dentre seus trabalhos realizados como Diretor e Assistente de Direção incluem-se: Em 1982, Morte e vida Severina, assistente de direção e protagonista Fábio Pires. Em 1983 foi a vez de O Jeca Tatu ser adaptado e dirigido por Fábio Pires. Em 1983, Escuta Zé Ninguém, adaptada e sob a direção geral de Fábio Pires da Faculdade de Comunicação Social de Barra Mansa.  Em 1986, Gravação de VTs / Audio - T.V. Globo – Central de Engenharia; assistente de direção e protagonista Fábio Pires em “É proibido Beijar”.

Em 1986,participou de “O Rei da Vela”.  Em 1987, Fábio foi o personagem “Mestre Toni”, na peça chamada Bafafá (Le Baruffe Chiozzote).  1987/1988, no Teatro dos Quatro se apresentou na peça “Vicent Van Gogh”.  Em “O Despertar da Primavera”, Fábio foi o personagem “Homem Mascarado”.  Em 1990, participou de “A Verdadeira História de A.Q.“ Prêmio Mambembe de Melhor Espetáculo do ano em São Paulo. Em 1990, Fábio fez o personagem José Antônio (Neném), na comédia “Por Falta de Roupa Nova e  “Passei o Ferro na Velha”. Em 1991, na peça infantil “Rapunzel” seu personagem foi o pai de Rapunzel. Em 1991, no Teatro da Barra, Fábio foi o personagem “Vermelho” em “FLICTS”.

Em 1986 participou do Comercial “Malt 90”. Em 1987, no filme “Ratos da Lei“ (Longa Metragem), seu personagem foi o de um repórter; Em 1988, participou do comercial “Café São Braz“; 1989/1990, foi o personagem “Antônio” (homem do campo).  Em 1990, atuou em Vídeo Institucional de treinamento para a Empresa Mesbla. Produção: Pró-varejo, seu personagem foi “Engenheiro da Gradiente”; Em 1990, atuou no Comercial Shell Super - Luma Super – personagem: Frentista;

Em fevereiro de 1990 atuou em trabalho fotográfico para a Empresa Bloch Editores - Fotos para Revista “Pais e Filhos”. Em 1992, Fábio participou do Comercial–Filme: “Selo Consumidor”. Em 1992, no programa da Rede Globo “Você Decide“, no episódio “Pesadelo”, seu personagem foi o repórter Francisco Alvim;

Em 1994 Fábio dedicou sua vida à arte que o conduziu à glória da beleza infinita de Deus. Tendo vivido pouco, encheu a carreira de uma plena vida e contentamento.

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone: (35) 99965-4038
E-mail: comercial@correiodopapagaio.com.br