13:14hs
Domigo, 26 de Maio de 2024
Bom Jardim de Minas - Notícias
27/09/2012 16h17

Regionais Jubileu Áureo da Ordenação Presbiteral do Padre Elias José Saléh

Jubileu Áureo da Ordenação Presbiteral do Padre Elias José Saléh

 

Encerramos este festivo mês de setembro com chave de ouro, com bodas de ouro, com festa, com alegria, com celebração, com os corações e pensamentos voltados para o Alto em agradecimento pelos 50 anos de vida sacerdotal do Pe. Elias, o padre que é filho e amigo da nossa cidade de Bom Jardim de Minas, o padre que é genuinamente bonjardinense, único.

Foram dias de intensas comemorações. Desde a abertura do Jubileu Áureo com a Celebração em frente ao “Recanto do Saber e da Experiência Dr. Celso Nardy Chaves”, celebração marcada com a mística do “olhar sobre o que é nosso” para “experimentarmos a esperança das novas experiências”, até a Solene Missa Jubilar no dia 30 de setembro o povo de Bom Jardim de Minas uniu-se em torno de um ponto em comum, uma pessoa, um padre, um amigo, um sobrinho, um irmão, um tio, um conhecido, um Pastor.

Setembro de 2012 foi o mês que Bom Jardim de Minas congregou os espíritos e os ânimos da cidade em bonitos gestos de gratidão a um bonjardinense que não apenas passou pelo mundo e pela história, unimo-nos em torno de um homem que passou fazendo história na história de tanta gente, um bonjardinense que se fez presente em sete paróquias, à frente da administração do seminário arquidiocesano de Juiz de Fora e que tanto fez pela catequese no Brasil, fato relembrado por Dom Walmor, Arcebispo Metropolitano de Belo Horizonte, em carta de congratulação ao aniversariante.

Em torno da figura e da pessoa do Elias José Saléh Filho e em torno do que indelevelmente ele é sacerdos alter Christus, in persona Chirist, o que o fez receber, segundo a tradição cristã o título de padre, pai, portanto, Padre Elias. Outra vez, passados exatos cinquenta anos, nossa pequena cidade viu despertar do quanto é bonito fazer história, plantar esperanças, semear a paz, consagrar o Pão e o Vinho. Os frutos deste Jubileu Áureo serão o da consciência de qualquer missão ou vocação deve ser também um sacerdócio que nos altares da vida só tem sentido se sacrificado e oferecido a favor do povo e a bem do povo na Eucaristia diária que é a esperança, a opção pelo Reino.

A festa jubilar não acabou ela apenas esta começando e será renovada como faz a primavera que acalenta estes festivos 50 anos, será sempre renovada na Páscoa da Vida e marcada para sempre na história de Bom Jardim de Minas que viu o quanto é belo a unidade e o propósito comum, mesmo que as duras penas. Vimos crianças, jovens, adultos, as escolas, as instituições, as famílias e todos os setores da sociedade local em comunhão e em união. União que só foi possível pelo “sim” de um menino que com seus 11 ou 12 anos de idade decidiu abraçar sua vocação, ouviu seu coração, e, feito padre, no dia 22 de setembro de 1962, como um filho de Bom Jardim, um bonjardinense, soube ser jardineiro por onde foi enviado a semear e a plantar o bem, plantando nestes lugares todos por onde passou e no coração de todos que conviveu sua marca, deixando ali uma parte que também é nossa, um pouco de Bom Jardim de Minas.

Obrigado, Padre Elias José Saléh Filho por despertar no coração da sua cidade natal o santo orgulho, o orgulho de termos o Padre Elias nesta pequena cidade da Mantiqueira, seu tão querido e amado Bom Jardim das Minas Gerais, que nas palavras dos seus amigos e ex-paroquianos retrata o quanto importante foi sua e é sua jornada e seu trabalho.

"Um divisor de águas na história da cidade e da Paróquia de Liberdade.”

Paroquiano
 de Liberdade

"Queremos registrar aqui, mais uma vez, a nossa admiração pelo Pe. Elias. Estaremos sempre unidos por meio da oração. Parabéns pelo Jubileu de Ouro Sacerdotal, sua voz, seus gestos, suas palavras ecoarão sempre em nossa vida, em nossos corações. E isso não se apagará, pois a história nos ensina que tudo que foi bom com amor e carinho, permanece para sempre.”

Paróquia de
Ewbanck da Câmara

"Temos um grande sentimento de gratidão para com o nosso irmão primogênito. Sua liderança intelectual; seus ensinamentos fundamentais da fé; sua moral e ética, sua honestidade, inclusive para com sua vocação, são atitudes constantes de sua personalidade, a acenar como modelo para nós, os “mais novos”

Cilene, Roberto,
Jovino, Magela,
Aurora, Eduardo
e Vicente

"Quanto orgulho sempre foi dizer que tenho um tio padre, e caminhar na Igreja sempre teve um sentido diferente por esta razão. Escutar e viver a palavra de Deus sempre foi muito mais tocante por ter em nossa família um sacerdote, um fiel soldado de Cristo que ingressou em sua jornada ministerial ainda muito novo, e sem desistir seguiu em frente atravessando por todos os obstáculos da vida”
Pedro Saléh
sobrinho do Pe. Elias

"O Padre Elias foi sempre presença fraterna e acolhedora nos meus vinte e cinco anos de padre e, ao longo dos sete anos de bispo, nas Assembléias da Conferência Nacional dos Bispos, lá estava meu irmão para me abraçar e celebrarmos juntos o Mistério Eucarístico.

Agradeço a Deus os cinquenta anos de vida sacerdotal de nosso querido Padre Elias Saleh, de quem tenho o privilégio de ser tão irmão. ”

Dom Aloísio Jorge Pena Vitral - Bispo de Teófilo Otoni

"Sua opção pelo Reino é feliz porque é definitiva e absoluta... Sacrifício, doação, obediência, piedade e oração: eis o dinamismo para fazer acontecer com fecundidade a cada dia em seu ministério presbiteral o Sumo e Eterno Sacerdote, Jesus.

Por isso, celebramos com alegria renovada seu Jubileu Áureo Sacerdotal. Obrigado, Pe. Elias, por nos cumular das coisas de Deus e renovar gratuitamente com sua vida os nossos corações. É um privilégio aprender com sua eloquência e simplicidade, marca dos sábios! Assim, neste entardecer da vida, numa só palavra confirmamos o seu legado: AMOR!!!”

Pe. Márcio Cabral

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone: (35) 99965-4038
E-mail: comercial@correiodopapagaio.com.br