02:49hs
Sábado, 25 de Maio de 2024
Caxambu - Notícias
10/07/2014 09h26

A música e a poesia do artista Zelitto Alves

Cantor e compositor leva sua música e sua poesia por todo o País.

Zelitto Alves, cantor e compositor, nasceu em Belo Horizonte e atualmente reside em Caxambu. É filho e neto de violeiros do Vale do Jequitinhonha e da Zona da Mata e leva sua música e sua poesia por todo o País.

 A partir de 1984 participou de vários grupos em Belo Horizonte. Foi vencedor do festival de música em 1987, realizado pela Rádio Del Rey FM de BH, como melhor instrumentista, e em 1988 assumiu sua carreira autoral.

A arte de Zelitto Alves revela o recôndito do autor. Sua  poesia  e  sua música lhe brotam na mente vindas da alma, sem preocupação maior que a de revelar um sentimento puro, em forma de poema  ou canção.

Radicado em São Paulo desde 1995, Zelitto Alves levou a viola caipira e a cultura de Minas Gerais aos palcos da capital e de todo o Brasil, como no Centro Cultural Evolução, SESC Belenzinho, SESC Piracicaba, SESC Campinas, Teatro Ave Maria, Teatro Cultura Inglesa, Teatro Centro de Convivência Cultural, Sindicato dos Bancários, Teatro Aldeia dos Talentos, além de vários bares. No Rio de Janeiro: Teatro da UERJ, Palpite Infeliz, SESC Copacabana, Teatro do Jóquei. Paraná: Festival da Canção de Maringá. Rio Grande do Norte: Capela de Santo Antônio ,além de vários bares. Olinda: Cantina do Galo. Em Minas Gerais já se apresentou em várias cidades do interior, como Pains, Coromandel, Formiga, Cruzília, Aiuruoca, São Lourenço, São Tomé das Letras, Carrancas, Unai, Paracatu, Montes Claros, Porteirinha, entre outras. Em Belo Horizonte se apresentou no Teatro da Assembléia, (lançamento do CD Alma Caipira),  Teatro da Maçonaria, (show Na Ponta da Língua), Teatro Dom Silvério, (lançamento do CD Anjos de Capote.), Cine Clube Nazaré, Show (Notícias do Brasil).

Participou do livro Geração 90, uma coletânea de poetas mineiros.

Participou do grupo Opcenas teatrais, na campanha de popularização de teatro de Campinas, com o texto Anjo Negro, de Nelson Rodrigues, premiado como o melhor espetáculo, figurino e cenário. Também participou do grupo teatral Abaporu, onde foi apresentado o espetáculo Morte e vida Severina, de João Cabral de Mello Neto, no teatro Ave Maria de (2002 a 2007).

Foi autor do projeto Notícias de Minas, sendo responsável pela divulgação de vários artistas mineiros em São Paulo, como Pereira da Viola e Rubinho do Vale.

Produziu o show de lançamento dos CDs Amor, Ordem & Progresso, de Jards Macalé, e Viola e Ética, de Pereira da Viola.

Produziu os shows  Mal Secreto, de Jards Macalé; O Filme, de Ana de Hollanda; O tijolo na Parede, de  Marcelo Nova; O Neguinho e a Madame, de Noite Ilustrada; Viola Ética, de Pereira da Viola e Rubinho do Vale.

Participou dos livros Caçador de Sambaquis e O Livro das Mesmices, de Adolfo Maurício;  A Festa da Colheita, de Roberto Massoni.

Na sua carreira, Zelitto Alves já lançou três CDs:  em 2000, Alma Caipira, instrumental; em 2003, Anjos de Capote, que é uma coletânea de poetas modernistas e foi dedicado ao poeta Dantas Motta; e em 2011,  Rabiscos do Rabiço, poemas de  João Rabiço. 

Zelitto Alves se prepara para o lançamento de seu próximo trabalho, o CD Fazenda Laranjeiras. Na semana passada se apresentou no Festival de Inverno, em Caxambu.

Zelittoalves@uol.com;br  telefone 035 – 9703 -5920

 

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone: (35) 99965-4038
E-mail: comercial@correiodopapagaio.com.br