19:14hs
Quarta Feira, 29 de Maio de 2024
Caxambu - Notícias
24/10/2013 10h16

Hemominas mobiliza moradores de Caxambu

O objetivo da campanha foi abastecer o estoque de sangue do Hemocentro.

No último final de semana aconteceu na Escola Municipal Padre Correia de Almeida, em Caxambu, uma Campanha de Captação de Doadores de Sangue promovida pelo Hospital São Camilo, em parceria com o Hemominas, Prefeitura e Secretarias de Saúde e Educação. O objetivo foi abastecer o estoque de sangue do Hemocentro que destina bolsas para diversas instituições de saúde da região.

No total, segundo balanço da equipe organizadora, foram captadas quase 200 bolsas. O evento contou com apoio de colaboradores e voluntários do São Camilo e teve grande adesão por parte da comunidade que se sensibilizou com a causa social que pode salvar vidas, afinal, cada doação pode atender até quatro pessoas que precisam de transfusão.

“Nós sempre buscamos participar de Campanhas sociais como esta que reforçam o estoque do Hemocentro e alerta a sociedade para a causa da doação, já que qualquer pessoa pode um dia precisar. Agradecemos o empenho das equipes”, afirmou Magali Dias, uma das organizadora e membro da Agência Transfusional do Hospital.

Podem doar sangue cidadãos com boa saúde, idade entre 18 e 67 anos. Os candidatos devem pesar acima de 50 quilos, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas, não ter tido hepatite após os 11 anos de idade, e que não tenham doença de Chagas.  Jovens com 16 e 17 anos, somente poderão se candidatar à doação de sangue com a presença dos responsáveis legais ou autorização dos responsáveis com firma reconhecida em cartório, cujo modelo de autorização está disponível no site www.hemominas.mg.gov.br.

Para se cadastrar como candidato à doação de medula óssea é preciso apresentar documento oficial de identidade com foto, preencher os formulários para o cadastramento, ter entre 18 e 55 anos, boa saúde e não apresentar doenças infecciosas ou hematológicas. A pessoa que se candidatar recebe todos os esclarecimentos sobre o processo de doação e, em seguida, é colhida uma pequena amostra de sangue (cerca de 5 ml) que será submetida ao exame de classificação da medula (HLA). O resultado da tipagem HLA e os outros resultados dos exames de Histocompatibilidade/Imunogenética serão incluídos no Redome, coordenado pelo Laboratório de Imunogenética do Instituto Nacional do Câncer - Inca, do Ministério da Saúde.

Para mais informações sobre os critérios para doação de sangue, ligue 155.          

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone: (35) 99965-4038
E-mail: comercial@correiodopapagaio.com.br