23:36hs
Sábado, 18 de Maio de 2024

Leia nossas últimas edições

Leia agora o Correio do Papagaio - Edição 1845
Geral
16/04/2024 15h15

Cemig reforça medidas de segurança para trabalhadores da construção civil

Campanha busca conscientizar profissionais da construção e manutenção, alertando sobre os riscos

Os acidentes por choque elétrico tiram a vida de centenas de pessoas no Brasil todos os anos. De acordo com dados revelados pelo anuário estatístico de acidentes de origem elétrica 2024 ano base 2023 da Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade (Abracopel), apenas no ano passado, foram registradas 674 mortes por choque elétrico em todo o Brasil. Na área de concessão da Cemig, a empresa registrou 49 acidentes na rede de distribuição e 16 fatalidades.

O anuário da Abracopel aponta que o setor de construção lidera o ranking de mortes por choque elétrico com 115 vítimas fatais em todo o território nacional, sete delas em Minas. Apesar do alto número de ocorrências e fatalidades, a associação acredita que os números reais possam ser até três vezes maiores do que os apontados no Anuário Estatístico, uma vez que nem todos os incidentes são registrados pela associação.

Para conscientizar os profissionais da construção e manutenção, a Cemig realiza campanhas rotineiras em canteiros de obras para alertar sobre os perigos de acidentes. Além disso, o fim do período chuvoso é propício para que a população realize reformas ou construções. Desta forma, para evitar ocorrências com a rede elétrica, a Cemig alerta para os riscos de acidentes com a eletricidade.

O grande risco de acidentes na construção civil está relacionado com as tarefas realizadas na mesma altura da rede de média tensão, como a reforma de telhados e construção de segundo e terceiro pavimentos, por exemplo.
Desta forma, é fundamental que seja observada a distância de, pelo menos, 1,5 metro em relação à rede de distribuição. Os profissionais que utilizam cabos de rolo de pintura feitos de alumínio ou de outros materiais condutores de eletricidade também devem ser bem cautelosos na hora do manuseio.
Para evitar acidentes dessa natureza na rede de distribuição, a Cemig ressalta que antes de realizar obras ou reformas é necessário realizar uma Análise Prévia de Riscos (APR), que deve observar os acidentes elétricos. É um procedimento simples e que pode salvar a vida de muitos profissionais do setor.

PUBLICIDADES
CASA DO FAZENDEIRO
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone: (35) 99965-4038
E-mail: comercial@correiodopapagaio.com.br