19:21hs
Quarta Feira, 12 de Junho de 2024
São Lourenço - Notícias
22/06/2017 10h20

Situação atual da saúde pública de S. Lourenço é questionada

Vereador Natan de Oliveira (PPS) encaminha requerimento à Prefeitura pedindo mais transparência

No início deste mês, a Secretaria de Saúde foi alvo de críticas nas redes sociais por informação imprecisa

A saúde pública de São Lourenço tem sido tema de discussão na Câmara Municipal. Na última segunda-feira (19) um requerimento foi encaminhado ao poder executivo questionando o contingente de profissionais e demanda atual da fila de espera por consultas e exames. Recentemente, a Secretaria de Saúde foi alvo de críticas nas redes sociais por informação imprecisa.

O vereador Natanael Paulino de Oliveira (PPS) apresentou os questionamentos durante a sessão. Entre outras coisas, o parlamentar indagou sobre o número de médicos e dentistas em atendimento no município, número de consultas que precisam ser realizadas e qual a demanda reprimida de exames.

Natan, como é chamado, afirmou que o intuito do requerimento é ter acesso, de fato, aos números entorno do funcionalismo do setor. “O requerimento foi apresentado para que cheguemos a uma solução. A Câmara Municipal está preocupada em solucionar o problema e ajudar o poder executivo a sanar essas questões, mas para isso precisamos ter total conhecimento da atual situação da saúde no município”.

Ainda, de acordo com o vereador, sabe-se que a fila de espera é grande por exames como ressonância, tomografia e por consultas com oftalmologistas. “Tem filas de espera que chegam a ter cerca de 200 pessoas aguardando, quando são disponibilizadas 60 vagas, por exemplo”, informa o vereador    Natan de Oliveira.

O requerimento foi encaminhado à prefeitura no dia seguinte a sessão da Câmara. O governo Celia Cavalcanti (PR) tem 15 dias a contar da data de envio para responder ao questionamento.

No total, o parlamentar fez 12 questionamentos. Em sua rede social, o parlamentar ressalta que está “a disposição, juntamente com os demais vereadores, para resolver a situação. Por isso clamo, em nome do povo de São Lourenço, uma solução para zerar as filas, zerar os exames e cirurgias. Só sabe o sofrimento quem entra às 4 da manhã ou até mais cedo nas filas”.

No dia primeiro deste mês, a Secretaria de Saúde foi alvo de críticas em redes sociais. Uma foto de pessoas aguardando a abertura da policlínica foi divulgada em uma rede de relacionamento reprovando a situação. Os munícipes esperavam para agendar consultas na unidade de saúde.

De acordo com os comentários, a população que utiliza o SUS (Sistema Único de Saúde), foi informada pelos funcionários da prefeitura que as consultas só poderiam ser agendadas no dia primeiro deste mês.

O post recebeu cerca de 50 comentários e, na maioria, as pessoas diziam a mesma coisa: que receberam a informação imprecisa por funcionários da Secretaria Municipal de Saúde. Por nota, a pasta compartilhou com os munícipes que todos os pacientes que estavam na fila foram agendados até as 11h30 da quinta-feira (01). A pasta destacou ainda que os exames a serem agendados no mês de junho serão agendados no decorrer do mês, não necessariamente no dia primeiro.

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone: (35) 99965-4038
E-mail: comercial@correiodopapagaio.com.br