07:09hs
Domigo, 23 de Junho de 2024

Leia nossas últimas edições

Leia agora o Correio do Papagaio - Edição 1855
Variedades
09/04/2023 16h40

'Dungeons & Dragons' traz referências à clássica animação 'Caverna do Dragão'

Nesta quinta-feira, 13, estreia em todo o Brasil o filme Dungeons & Dragons: Honra entre Rebeldes, adaptação do clássico RPG (Role Playing Game - jogo de interpretação de papéis) criado em 1974 por Gary Gygax e Dave Arneson. O novo longa conta com a presença de estrelas como Hugh Grant, Chris Pine, Sophia Lillis, Michelle Rodriguez e Regé-Jean Page.

Uma das primeiras surpresas do filme é que, apesar de não ser uma versão da famosa animação Caverna do Dragão, que fez sucesso no Brasil na década de 1980 e 1990, a nova adaptação do jogo traz algumas referências a ela. Uma cena exclusiva exibida na CCXP no ano passado mostrou os personagens do desenho animado. A ideia é capturar os nostálgicos pelo saudosismo, já que a história acompanha outros protagonistas.

O longa tem produção assinada por Jonathan Goldstein e é dirigido por John Francis Delay e Jeremy Latcham, que conversaram com o Estadão e assumiram terem jogado o RPG. "Eu, pessoalmente, me amarro na ideia de fazer um filme de Dungeous & Dragons porque qualquer pessoa que já tenha jogado sabe como é único, em termos do mundo e das personagens e criaturas", conta Delay. "Por isso é excitante poder dar vida a isso", continua.

Essa não é a primeira vez que o jogo ganha adaptação para o cinema. Em 2000, foi lançado Dungeons & Dragons - A Aventura Começa Agora, um longa pouco popular, que teve duas sequências menos famosas ainda: Dungeons e Dragons 2: O Poder Maior e Dungeons & Dragons: The Book of Vile Darkness, este último lançado diretamente em DVD. Além disso, o jogo ganhou mais fama ainda após aparecer na série da Netflix Stranger Things.

Criaturas fantásticas

A história de Dungeons & Dragons: Honra entre Rebeldes acontece em um mundo com inúmeras criaturas fantásticas como dragões, elfos, anões, orcs, muito parecido com a animação e os outros filmes. Nele, um ladrão e um grupo de aventureiros se unem para tentar resgatar uma relíquia.

No entanto, não foi tão fácil transformar um jogo que move tantas paixões em um filme, diz Goldstein. Antes disso, eles sabiam onde estavam se metendo. "Foi um desafio, mas também muito gratificante porque sabemos que (o RPG) é amado por tantas pessoas", conta o produtor. "Queríamos fazer um filme que agradasse aos fãs e que os fizesse sentir como se tivéssemos capturado o espírito do jogo", continua.

Mas este não é apenas um filme para quem já conhece o RPG. Segundo o produtor, ele também tem elementos para tocar "quem não sabe nada sobre ele". "Era muito importante para nós, então fizemos um filme com coração e ação, um grande espetáculo, mas também diversão e comédia e muitos risos", afirma.

Sobre a expectativa dos fãs da franquia, o diretor Jeremy Latcham afirma que, apesar de eles não terem ideia de como o filme será recebido, as expectativas são as melhores. "Espero que elas o abracem como nós, acredito que eles (a equipe) fizeram um trabalho adorável", diz. "Acho que estamos realmente animados para finalmente revelar o filme ao mundo porque as pessoas ficarão surpresas", completa Delay.

Fonte: Estadão Conteúdo
PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone: (35) 99965-4038
E-mail: comercial@correiodopapagaio.com.br